Morre Lula Rocha, militante dos movimentos negro e de direitos humanos no ES

Fonte: G1 ES

Morreu, na manhã desta quinta-feira (11), Luiz Inácio Silva Rocha, mais conhecido como Lula Rocha, um dos mais ativos militantes dos movimentos negro e de direitos humanos no Espírito Santo. Luiz tinha 36 anos e morreu no Hospital Dório Silva, na Serra, na Grande Vitória.

Ele estava internado para fazer uma hemodiálise. A causa da morte ainda não foi divulgada. Lula foi coordenador-geral do Centro de Apoio aos Direitos Humanos e do Círculo Palmarino. Foi também coordenador do Fórum da Juventude Negra do Espirito Santo.

Em uma nota de pesar, o ex-presidente Lula (PT) lamentou a partida.

“Meu xará Lula Rocha partiu muito, muito jovem, com tanta coisa ainda para fazer pelo Espírito Santo e pelo Brasil, que precisa de mais cidadãos como ele para lutar pelo direito de ter uma vida plena e livre de violência para nossa juventude. Não há palavras para definir ou confortar a dor de pais que perdem seu filho. Minha solidariedade nesse momento difícil para os companheiros Izaías Santana e Maria da Penha, que deram meu nome ao seu querido filho, e a minha certeza que a história e o exemplo de Lula Rocha irá emocionar e inspirar muitos outros jovens que lutam por um Brasil melhor”, diz a nota.

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB), lamentou a morte em uma rede social.

“É com tristeza que registro o falecimento de Lula Rocha. Um importante militante dos movimentos sociais, incansável na defesa dos direitos humanos e justiça social. O estado perde um grande idealista. Minha solidariedade a família e amigos”, disse o governador.

A secretária estadual de Direitos Humanos, Nara Borgo, também homenageou Lula na internet.

“Sentimos e sentiremos muito a ausência de Lula. Lula foi do movimento de juventude, direitos humanos, movimento negro e tantos outros que buscam a promoção de DH e justiça social. Foi presidente do conselho estadual de DH quando eu era conselheira. Lula fez história no ES e deixou grandes contribuições para a construção de uma sociedade melhor. Vá em paz, Lula. Sua voz não será esquecida”, postou.

Artigos Relacionados

Sua opinião

Gostou do artigo? Quero muito saber a sua opinião. Escreva um comentário!