Quarta-feira, 24 de agosto

DIVERSIDADE
Bolsonaro repete 2018 e ignora política para negros em programa de governo

Folha de S. Paulo – 24/08/2022

Assim como ocorreu em 2018, o programa de governo de Jair Bolsonaro (PL) para as eleições deste ano não traz políticas voltadas à população negra no país, destoando de seus principais adversários na corrida ao Palácio do Planalto em 2022. Também não há no documento ações dirigidas ao público LGBTQIA+. Conforme a Lei das Eleições, o prazo máximo para protocolar o programa de governo terminou em 15 de agosto, junto com o registro das candidaturas no TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Nada impede, no entanto, que os candidatos detalhem seus planos até a eleição.



DIVERSIDADE

Número de candidatos negros supera o de brancos nas Eleições de 2022
Band – 24/08/2022

Uma mudança no perfil dos candidatos das eleições de 2022 foi o aumento de candidaturas de pessoas autodeclaradas pretas e pardas, que pela primeira vez desde que esse dado começou a ser informado, em 2014, superou o número de candidatos brancos. No total, pretos e pardos representam 49,75% ante 48,68% de brancos. É importante ressaltar que os números divulgados pelo TSE estão sujeitos a atualização durante o período de campanha.

VEJA MATÉRIA NA INTEGRA


ESG

Apenas 48% das cooperativas de crédito tem metas de ESG, aponta pesquisa

Veja – 24/08/2022

Apesar de praticamente todas as cooperativas de crédito do país demonstrarem interesse por práticas ESG (Ambiental, Social e Governança, na sigla em inglês), ou 98% delas, menos da metade — 48% do total — trabalha com metas específicas relacionadas ao tema. Os dados são de um levantamento da consultoria PwC divulgado nesta terça-feira, 23. Deixando a presença de metas concretas de lado, quase 80% das 165 entidades pesquisadas alegam ter compromissos de ESG.

VEJA MATÉRIA NA INTEGRA

 

ESG

ESG: precisamos espalhar exemplo brasileiro, diz Gustavo Oliveira, da Fiemt
Exame – 24/08/2022

O Brasil já tem, há muitas décadas, estratégias claras rumo a uma economia verde, de baixo carbono, e tem condições de se tornar exemplo para o mundo, com experiências sólidas e consistentes. A fala do presidente da Federação das Indústrias de Mato Grosso (Fiemt), Gustavo de Oliveira, sinaliza o papel de destaque que a indústria brasileira terá na Conferência da ONU sobre Mudanças Climáticas (COP27), que se aproxima, a ser realizada em novembro no Egito.


VEJA MATÉRIA NA INTEGRA


NEGÓCIOS

Pequenos negócios geraram 81% dos novos empregos no Amazonas no primeiro semestre
Em Tempo – 24/08/2022
A cada 1 mil empregos gerados no Amazonas durante o primeiro semestre de 2022, 97 foram a partir de pequenos negócios. Esse saldo, que totalizou 14.927 novos postos de trabalho no período, foi o terceiro maior entre os estados brasileiros e destaca as micro e pequenas empresas (MPEs) como principal motor econômico do estado, responsável por 81% do saldo de novos empregos nos primeiros seis meses do ano. Os dados constam no levantamento do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), com base no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério da Economia. No Brasil, as MPEs foram responsáveis por 961.877 (72,1%) novas contratações no primeiro semestre.


VEJA MATÉRIA NA INTEGRA

Deixe um comentário

Conteúdos relacionados