Quarta-feira, 27 de abril

SOCIEDADE
Após acusação de racismo, Zara indeniza cliente em acordo extrajudicial
IstoÉ – 27/04/2022

A grife Zara e o Shopping da Bahia fizeram um acordo extrajudicial com Luiz Fernandes Júnior, homem negro que foi acusado de furtar uma mochila que havia comprado na mesma loja no dia 29 de dezembro de 2021. As empresas pagaram uma indenização a Luiz, porém o valor acertado não pôde ser divulgado.

VEJA MATÉRIA NA INTEGRA

SOCIEDADE 2
Projeto que prevê cota de 20% para negros e afrodescendentes em concursos públicos é aprovado pela Câmara de Foz do Iguaçu
G1 PR – 26/04/2022

Foi aprovado, por vereadores de Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, um projeto de lei que reserva 20% das vagas de concursos públicos para negros e afrodescendentes. Segundo o projeto, a reserva de vagas será válida para concursos de cargos efetivos e empregos públicos, além de testes seletivos da administração pública direta e indireta. Agora a matéria seguirá para sanção do prefeito da cidade, Chico Brasileiro.

VEJA MATÉRIA NA INTEGRA

SOCIEDADE 3
RJ: 90% das mortes em ação policial são de pessoas negras
Yahoo! Notícias – 26/04/2022

De acordo com dados do relatório #PeleAlvo, da Rede de Observatórios, o Rio de Janeiro é o estado que possui o maior número de pessoas negras mortas, com 86%. Além disso, na capital do estado, 90% das mortes em ação policial são de pessoas negras.

VEJA MATÉRIA NA INTEGRA

ESG
Por que ESG é importante?
Estadão-Link – 27/04/2022

Nesta matéria, além de explicar o significado de cada uma das letras da sigla, também é falado sobre a importância de adotar o ESG. No texto, o veículo traz os dados da empresa Morningstar, que demonstra que no longo prazo (3, 5 e 10 anos), as carteiras de investimento “sustentáveis” rendem acima do que as carteiras tradicionais.

VEJA MATÉRIA NA INTEGRA

ESG 2
CVM deve estender norma ESG a todos os tipos de fundos
Valor Econômico – 27/04/2022

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) irá regular oficialmente os fundos de investimentos “verdes” e, também, há chances de a norma ser destinada a toda a indústria. Segundo Daniel Maeda, superintendente de supervisão de investidores institucionais da CVM, “Estamos discutindo se convém estender [as regras] para todos os tipos de fundos. Comentários da audiência pública trouxeram esse pedido. O ESG não se aplica somente ao mundo do crédito, se aplica a todo o mundo dos ativos financeiros adquiridos pelos fundos. Faz todo o sentido e tem chance de sair”.

VEJA MATÉRIA NA INTEGRA

Deixe um comentário

Conteúdos relacionados