Quinta-feira, 08 de dezembro

DIVERSIDADE

Com apoio da Ambev, empreendedores pretos movimentam mais de R$ 106 milhões em negócios
Cidade Marketing – 08/12/2022
Depois de superar a meta de aumentar o número de fornecedores pretos e pardos, estabelecida em 2021, a Ambev segue avançando em sua agenda para promover a equidade racial dentro e fora da companhia. Atualmente, a empresa trabalha para promover a diversidade também no seu ecossistema de parceiros e fornecedores, e conta com uma base composta por mais de 800 profissionais autodeclarados pretos ou pardos. Somente durante este ano, foram movimentados mais de R$ 106 milhões em negócios gerados com empreendedores pretos.

VEJA A MATÉRIA NA ÍNTEGRA

DIVERSIDADE
Mulheres, pretos e pardos temem mais ser vítimas, na maioria dos crimes, do que homens e brancos

Valor Econômico – 08/12/2022
As mulheres temem mais ser vítima de crimes do que homens. Na prática, a percepção de risco, na população feminina, do temor de ser vítima é maior do que entre população masculina, de acordo com leitura do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Hoje, o instituto veiculou a pesquisa PNAD Contínua (2021) Sensação de Segurança e Furto

VEJA MATÉRIA NA INTEGRA

 

DIVERSIDADE

Racismo fundiário: negros são maioria no campo, mas têm menos terras do que brancos

G1 – 08/12/2022

O campo brasileiro é composto por maioria de trabalhadores negros, mas grande parte das terras não está sob sua posse. Além disso, quanto maior o território, maior o número de brancos proprietários. Em grandes propriedades, com área equivalente a cerca de 10 mil campos de futebol, 79,1% dos donos são brancos, enquanto apenas 17,4% são pardos e 1,6% são pretos, aponta o Censo Agropecuário 2017 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

VEJA MATÉRIA NA INTEGRA



DIVERSIDADE

Brancos receberam R$ 14,75 mi do fundo eleitoral para negros e mulheres

Uol – 08/12/2022

Mais de 200 candidatos homens brancos receberam parte ou toda parte do que candidatos negros e mulheres obtiveram do FEFC (Fundo Especial de Financiamento e Campanha), mostra levantamento exclusivo do UOL realizado com base nos dados do TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Ao todo, foram transferidos, sem justificativa, R$ 10,2 milhões por 88 candidatos negros e 61 mulheres.

VEJA MATÉRIA NA INTEGRA



SUSTENTABILIDADE

Sustentabilidade: cases e desafios das práticas ESG no setor de saúde

Medicina SA – 08/12/2022

O Instituto Horas da Vida – organização sem fins lucrativos que busca levar saúde às pessoas em vulnerabilidade social – promoveu um talk show para debater o “ESG e o impacto da sustentabilidade financeira nos negócios no setor de saúde”. O evento contou com Bruno Porto, sócio e líder do setor de saúde na PwC Brasil; Fabiana Peroni, doutora em Saúde Coletiva pela Unicamp e mestre em promoção da Saúde pela Unifran; Thaís Melo, diretora médica da farmacêutica Boehringer Ingelheim; Emanuel Pessoa, sócio-diretor do Emanuel Pessoa Advogados; além da mediadora Tania Machado, embaixadora do Instituto Horas da Vida.
 

VEJA MATÉRIA NA INTEGRA



SUSTENTABILIDADE

Análise de dados é primordial para contribuir com a estratégia de sustentabilidade das empresas

Jornal Contábil – 08/12/2022

Em meio a mudanças climáticas e escassez de recursos naturais, os governos e as empresas ao redor do mundo têm agido para adotar uma postura cada vez mais sustentável. Sendo assim, a palavra sustentabilidade tornou-se sinônimo de temas sociais, ambientais e econômicos, originando a sigla ESG (que em português significa governança socioambiental e corporativa). Trata-se de um parâmetro capaz de definir  se as operações das empresas são socialmente responsáveis, sustentáveis e corretamente gerenciadas, consequentemente atingindo a excelência operacional, inclusiva e sustentável. 

VEJA MATÉRIA NA INTEGRA



ESG

Microsoft desenvolve estratégia de marketing baseada em ESG

Microsoft News – 08/12/2022

A Microsoft Brasil implementou uma nova estratégia para o setor de marketing focada em reforçar as práticas ESG da empresa. Inspirada nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODSs) da Organização das Nações Unidas (ONU), o time de marketing e eventos mapeou fornecedores, divididos em 4 subcategorias de iniciativas: Proteção direta ao meio ambiente; Redução da Desigualdade; Consumo e Produção responsável e Desenvolvimento humano. O objetivo é ser sustentável de ponta a ponta e evitar, ao máximo, o desperdício. 

VEJA MATÉRIA NA INTEGRA

Deixe um comentário

Conteúdos relacionados