Segunda-feira, 19 de setembro

ESG
‘O ESG no Brasil é extremamente superficial, está atrasado há décadas’, diz sócio-fundador da Fama Investimentos
Tribuna do Norte – 19/09/2022


A agenda ESG, sigla em inglês para os aspectos ambientais, sociais e de governança das empresas, ganha cada vez mais destaque tanto no mundo corporativo como entre os investidores. Mas esse destaque não tem gerado avanços, segundo Fabio Alperowitch, sócio-fundador da Fama Investimentos, gestora brasileira de fundos que tem como foco as boas práticas ESG e que tem R$ 1,7 bilhão sob gestão.


VEJA MATÉRIA NA INTEGRA


ESG

Campinas (SP) é uma das oito cidades de excelência em tratamento de água e qualidade de vida

G1 – 19/09/2022

Segundo o Ministério do Desenvolvimento Regional, Campinas (SP) é uma das oito cidades de excelência em tratamento de água e qualidade de vida. Essa posição no ranking equivale ao trabalho realizado pela SANASA na cidade, que ocupa o primeiro lugar entre as empresas de saneamento municipais e é a segunda colocada entre as cidades acima de 1 milhão de habitantes.


VEJA MATÉRIA NA INTEGRA

 

DIVERSIDADE

A 3 semanas da eleição, repasses do Fundo Eleitoral para mulheres e negros estão abaixo da cota determinada por lei
G1 – 19/09/2022

Com pouco mais de duas semanas para a votação do primeiro turno, a maioria dos partidos políticos ainda não atingiu os percentuais mínimos de transferência do Fundo Eleitoral para as candidaturas de mulheres e negros, conforme determina a legislação. Levantamento feito pelo g1 com dados da prestação de contas parcial dos candidatos enviada ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) até esta quinta-feira (15) mostra que aqueles que se identificam como negros receberam até agora 36% dos recursos do fundo, bem abaixo da proporção de 50,4% dessas candidaturas.


VEJA MATÉRIA NA INTEGRA

 

SUSTENTABILIDADE

Brasil pode garantir segurança alimentar para o mundo com sustentabilidade, apontam cientistas
A Crítica – 19/09/2022

O Brasil tem capacidade técnica para fazer uma agricultura sustentável, mas ainda precisa impedir os crimes ambientais. Além disso, deve melhorar a vida no campo para os agricultores mais pobres, que, apesar de terem uma renda muito inferior à dos mais ricos, ocupam uma área equivalente do território. Essas foram algumas das conclusões apresentadas no webinar “Desafios da Segurança Alimentar Global e Equilíbrio Ambiental”, realizado na última quarta-feira (14/09) como parte da série “A Ciência no Desenvolvimento Nacional”, promovida pela Academia de Ciências do Estado de São Paulo (Aciesp) e pela FAPESP.


VEJA MATÉRIA NA INTEGRA



DIVERSIDADE

Futebol deu a falsa sensação de que negros são aceitos
O Globo – 19/09/2022

Ao analisarmos o racismo no futebol, é importantíssimo constatar que não estamos pensando em algo novo. O que estamos analisando são as estruturas de poder. Os casos de racismo no futebol não são exceções de um determinado espaço que por muito tempo acreditamos ser um ambiente democrático.  O racismo que sofreu Vini Jr., negro, brasileiro, um dos maiores destaques da atual equipe do Real Madrid, partiu do presidente da Associação de Agentes Espanhóis. Foi um ataque de um representante de uma instituição que ganha dinheiro com a compra e venda de seres humanos, comercialização que nos lembra o século XVIII. Algo impensado nos dias atuais, mas que no futebol ainda existe, mesmo que de outra maneira, afinal muitas vezes os atletas de futebol são vistos como mera mercadoria.


VEJA MATÉRIA NA INTEGRA



DIVERSIDADE

Caminhada resgata memórias de vivências de povos negros em São Paulo
Turismo Ig – 19/09/2022

O centro de São Paulo vai receber uma caminhada especial que tem o objetivo de resgatar e valorizar a vivência dos negros na história da cidade. O percurso acontece neste sábado (17) e dá início no Largo da Memória, ao lado da estação de metrô Anhangabaú, um local muito simbólico para a comunidade, onde eram feitos vendas e leilões de pessoas escravizadas aos sábados séculos atrás. O percurso foi idealizado em uma parceria dos projetos Cartografia Negra e Rio Memória Ação, este último representado pelo músico multiinstrumentista Thiago Sereno e o professor de história Alcino Amaral. 


VEJA MATÉRIA NA INTEGRA

Deixe um comentário

Conteúdos relacionados